Seguro de saúde, Plano de Saúde, Cartão de Saúde, Cartão de Medicina Dentária, Cartão Dentário, Plano Saúde Oral

AdvanceCare | Comoção Cerebral

Comoção Cerebral

Imagem

Imagem computadorizada de um traumatismo craniano causador de comoção cerebral

 

A comoção cerebral consiste num conjunto de sintomas caracterizado pela perda de consciência e, por vezes, de memória (obnubliação), de curta duração, combinada com sintomas de choque, que se produz depois de uma lesão cerebral (normalmente traumatismo crânio encefálico) e que não causa qualquer lesão orgânica evidente.

Considera-se que o mecanismo fisiopatológico principal da comoção está relacionado com o movimento e embate violento do cérebro (que flutua no LCR- Liquido cefalorraquidiano) contra a caixa craniana.

As comoções causam uma disfunção cerebral, mas não têm consequências visíveis em termos de lesões estruturais. Podem ocorrer depois de um traumatismo craniano, por mais ligeiro que seja, dependendo do modo como o cérebro tenha sido sacudido dentro do crânio.

Uma comoção, embora leve, pode deixar a pessoa algo confusa, com dor de cabeça e com uma sonolência anormal, mas a maioria recupera completamente em horas ou dias.

Causas de Comoção Cerebral

A comoção advém do embate do cérebro contra a caixa craniana, por traumatismo crânio encefálico fechado.

Sintomas de Comoção Cerebral

  • Perda de consciência
  • Obnubliação (perda de memória) durante segundos ou minutos – raramente superior a 60 minutos.
  • Perturbações respiratórias e circulatórias.
  • Náuseas.
  • Vómitos.
  • Amnésia anterógrada (perda da habilidade de criar novas memórias e absorver novas experiências) e retrógada  (é a incapacidade de se lembrar do passado).
  • Alterações do EEG concomitantes às perturbações da consciência, sem sintomas neurológicos focais.

Nas semanas e meses seguintes podem ocorrer:

  • Cefaleias
  • Perturbações vegetativas (hiperidrose – transpiração aumentada -, desregulação circulatória ortostática – desregulação da pressão sanguínea).

Algumas pessoas podem manifestar uma síndrome pós-concussão caracterizado por:

  • Enjoo.
  • Dificuldade de concentração.
  • Esquecimento.
  • Depressão.
  • Dificuldade em sentir emoções.
  • Ansiedade.
  • Dificuldade em desempenhar tarefas diárias.

Tratamento de Comoção Cerebral

A comoção é diagnosticada através da avaliação sintomática, realizando-se normalmente EEG (Electroencefalograma) e TAC Crânio Encefálica (Tomografia axial).

Os tratamentos farmacológicos e psiquiátricos são eficazes em algumas pessoas afetadas pela síndrome pós-concussão, mas não em todas.

Se ao fim de horas ou nos dias posteriores à lesão original, se manifestarem sintomas mais graves, como agravamento das dores de cabeça e da confusão e crescente sonolência, pode ser necessária  intervenção médica urgente.

Quando não existem lesões graves, o tratamento é apenas sintomático.

As pessoas afetadas por um traumatismo craniano devem ter atenção aos sinais de alarme de uma deterioração da função cerebral.

Se os sintomas não se agravam pode administrar-se paracetamol (acetaminofeno) para a dor.

Artigo revisto e validado pelo especialista em Medicina Geral e Familiar José Ramos Osório.
Conteúdo revisto pelo Conselho Científico da AdvanceCare.
A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde, nem a consulta de um médico e/ou especialista.