Seguro de saúde, Plano de Saúde, Cartão de Saúde, Cartão de Medicina Dentária, Cartão Dentário, Plano Saúde Oral

AdvanceCare | Dor de Costas

Dor de Costas

A dor nas costas é um sintoma que pode ter várias causas, dependendo da sua localização, intensidade e outras manifestações clínicas associadas. Pode afetar outras zonas do corpo e limitar os movimentos.

As dores de costas podem afetar os músculos, ossos ou articulações e dividem-se em dois tipos principais:

Dor mecânica – Provocada por um esforço físico mais intenso, má postura e por exemplo movimento brusco.

Dor inflamatória – Dor repentina, intensa e persistente, que não cede a repouso. Deve-se a uma situação inflamatória e requer diagnóstico e tratamento específico.

Causas da Dor de Costas

  • Esforço físico pontual, intenso.
  • Movimento brusco, má postura.
  • Stress.
  • Distensão da coluna.
  • Gravidez.
  • Obesidade.
  • Fratura.
  • Artrose.
  • Hérnia discal.
  • Fibromialgia.
  • Osteoporose.
  • Infecção renal ou cálculos renais.
  • Ciática.
  • Artrite.
  • Espondilite Anquilosante.

As causas mais comuns de dores nas costas são as distensões musculares e/ou ligamentares, contudo, podem ser um indício de outras patologias graves como:

  • Fractura osteoporótica (em pessoas com idade avançada).
  • Infecção nas vértebras.
  • Cancro na coluna ou zonas envolventes. 

Sintomas da Dor de Costas

As dores de costas manifestam-se de forma contínua ou após movimento ou palpação da zona afetada. Podem igualmente afetar outras zonas como as nádegas, pernas, coxas. A dor pode ser indício de infecção ou patologias, que requerem avaliação médica e tratamento específico. Por este motivo, deve procurar ajuda médica em caso de:

Dores nas costas

As dores de costas resultam frequentemente de compressão nervosa e podem afetar os músculos, ossos ou articulações. 

  • Dor intensa, súbita e incapacitante.
  • Dor que não reage ao tratamento.
  • Dor persiste e/ou que se agrava após uma semana.
  • Febre.
  • Perda de peso.
  • Arrepios.
  • Sensação de fraqueza ou formigueiro nos membros.
  • Alterações na sensibilidade da zona genital e/ou anal.
  • Sinais de incontinência (perda involuntária de urina ou fezes).
  • Traumatismo ou cancro recente.

Tratamento da Dor de Costas

As dores de costas mais comuns são benignas e passageiras (desaparecem após cerca de dois dias) e resolvem-se mediante alguns cuidados:

  • Repouso.
  • Evitar levantar pesos ou fazer movimentos bruscos de flexão e rotação do tronco.
  • Medicamentos (analgésicos, anti-inflamatórios).
  • Relaxantes musculares.
  • Aplicação tópica de compressas.
  • Nos restantes casos, as dores de costas devem ser avaliadas por um médico na área da Reumatologia, Ortopedia ou Neurologia que, consoante a situação, poderá indicar o tratamento mais adequado, como por exemplo a toma de medicamentos (anti-inflamatórios, corticosteroides). 
Artigo revisto e validado pela médica Lídia Roque Ramos
Serviço de gastrenterologia do Hospital Garcia da Orta.
Conteúdo revisto pelo Conselho Científico da AdvanceCare.
A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde, nem a consulta de um médico e/ou especialista.