Seguro de saúde, Plano de Saúde, Cartão de Saúde, Cartão de Medicina Dentária, Cartão Dentário, Plano Saúde Oral

AdvanceCare | Gânglios no Pescoço

Gânglios no Pescoço

Corresponde à dilatação dos gânglios linfáticos do pescoço, uma parte importante do sistema imunitário, que quando é agredida por agentes de origem viral, bacteriana ou do sistema imunitário reage com inflamação e inchaço.

Causas de Gânglios no Pescoço

Este tipo de manifestação tem origens diversas. Se o inchaço for apenas no pescoço, mantendo-se pouco tempo os motivos não deverão ser muito graves e podem dever-se a uma infeção viral ou bacteriana. Em situações clínicas mais graves, é recomendada a observação médica.

Gânglios no Pescoço

A verde, os gânglios do pescoço.

A existência de gânglios pode revelar:

  • Infeção viral ou bacteriana (amigdalite, faringite, abscesso peritonsilar, entre outras).
  • Alergias alimentares, a produtos tóxicos ou a medicamentos.
  • Infeções de herpes.
  • Doença da tiroide ou bócio, que provoca aumento da glândula da tiroide por falta de iodo no organismo.
  • Doença de Graves, principal causa do hipertiroidismo.
  • Infeções de herpes.
  • HIV, lúpus ou outra doença que afeta o sistema imunológico.
  • Tuberculose.
  • Tumores na boca, tiroide, linfoma, leucemia ou outro.
  • Mononucleose infecciosa (causada pelo vírus de Epstein-Barr).
  • Rubéola.

 Sintomas de Gânglios no Pescoço

Como a dilatação dos gânglios no pescoço pode ser uma reação de defesa do organismo, a sintomatologia varia em função da causa. As manifestações mais frequentes incluem:

  • Fadiga.
  • Tosse, corrimento nasal e febre.
  • Dor de garganta.
  • Dores musculares.
  • Inflamação dos gânglios linfáticos.
  • Suores noturnos.
  • Inchaços endurecidos e que crescem rapidamente poderão indiciar a existência de problemas mais graves, como tumor.

Tratamento de Gânglios no Pescoço

– Se a origem dos gânglios inchados for viral, este sintoma tenderá a desaparecer assim que o organismo recupere. Em infeções bacterianas, geralmente, é preciso tomar antibiótico, de acordo com prescrição médica.
– Em situações clínicas mais graves, a tomografia computadorizada da cabeça ou do pescoço, a cintigrafia e a biópsia da tiroide podem confirmar a existência de nódulos, a sua origem e natureza.
– Caso se suspeite de doença da tiroide, será necessária a toma de fármacos para normalizar a função deste órgão ou poderá ser preciso cirurgia, a fim de retirar o nódulo, removendo parte ou a totalidade da tiroide.

Artigo revisto e validado pela especialista em Medicina Geral e Familiar Isabel Braizinha.
Conteúdo revisto pelo Conselho Científico da AdvanceCare.
A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde, nem a consulta de um médico e/ou especialista.