Cirurgia plástica aumenta a autoestima

Além dos resultados visíveis alcançados por uma cirurgia plástica, um estudo recente veio demonstrar que as cirurgias plásticas têm um impacto direto na autoestima e grau de felicidade dos pacientes.


cirurgia_autoestima


A cirurgia plástica tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos. E são várias as razões pelas quais as pessoas ponderam submeter-se a uma intervenção. Uma coisa parece agora certa: a cirurgia plástica aumenta a autoestima e aumenta o grau de felicidade.

Esta afirmação tem vindo a ser sustentada por alguns estudos. Um dos mais recentes, divulgado no jornal Clinical Psychological Science, veio revelar que após a cirurgia plástica que realizaram, os participantes demonstraram ter mais autoestima e prazer pela vida.


Estudos comprovam: cirurgia plástica aumenta a autoestima

Num estudo a longo prazo, realizado em cooperação com a Universidade de Basel na Suíça, foram pesquisados os efeitos psicológicos da cirurgia plástica em aproximadamente 550 pacientes. O objetivo era simples: verificar se os pacientes que se submeteram a uma cirurgia plástica são pessoas muito diferentes entre si, quais os objetivos que estabeleceram antes da cirurgia e se esses objetivos foram alcançados.


As conclusões

Foram os pacientes mais jovens, sobretudo mulheres – que representaram 87% do total de pacientes pesquisados –, que demonstraram o desejo de obter, através da cirurgia, uma melhor aparência. O estudo, cujos participantes eram saudáveis (quer fisicamente quer psicologicamente), evidenciou ainda que a maioria dos pacientes alcançou os objetivos desejados e demonstrou satisfação com os resultados de longo prazo. Aliás, o estudo demonstrou que, quando comparados com pacientes que não se tinham submetido a uma cirurgia plástica, os que tinham feito sentiam-se mais saudáveis, menos ansiosos, com maior autoestima e mais atraentes.


Cirurgia plástica é cada vez mais procurada

Os pesquisadores foram capazes de estabelecer, com base no estudo realizado, um nível elevado de sucesso em termos de características psicológicas. Talvez esta seja (mais) uma razão pela qual o número de pessoas que optam por uma cirurgia plástica tenha aumentado nos anos recentes. No site da American Society for Aesthetic Plastic Surgery (ASAPS) é referido que mais de 15 milhões de pessoas realizaram procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos com finalidade estética nos Estados Unidos no último ano. Os procedimentos mais populares incluem mamoplastia de aumento, lipoaspiração, abdominoplastia, blefaroplastia e rinoplastia. E nestes procedimentos, claramente, as mulheres estão em vantagem: 92% das cirurgias plásticas realizadas são no sexo feminino.

Antes de fazer algum tipo de intervenção cirúrgica tenha o cuidado de estar informado, saudável e emocionalmente estável, pois está comprovado que a cirurgia plástica aumenta a autoestima e o grau de felicidade.

Este artigo foi útil?

Conselho cientifico

Conteúdo revisto

pelo Conselho Científico da AdvanceCare.

A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde nem a consulta de um médico e/ou especialista.

Downloads

Consulte os nossos guias para hábitos saudáveis:

Sympton Checker

Utilize a nossa ferramenta de diagnóstico de sintomas.

Programas AdvanceCare relacionados

Artigos relacionados