Diga não à vida sedentária

Existem mil e uma razões para adiar a prática de exercício físico. Mas num país como o nosso, onde o sol brilha quase todos os dias, há duas modalidades que estão ao alcance de qualquer pessoa: a caminhada e a corrida. Verá que é (mesmo) possível.


iss_5452_02330_rez


Existem inúmeros motivos para acabar com a vida sedentária, embora por vezes se revele difícil, particularmente para as pessoas que nunca praticaram ou não praticam qualquer atividade física há algum tempo. Tantas modernizações – elevadores, escadas rolantes, comunicações por e-mail, computadores e telemóveis – fizeram com que as pessoas se tornassem mais sedentárias, deixando de se movimentar ou de praticar desporto, mesmo nas suas formas mais simples, como por exemplo, caminhar ou correr. Mas é possível mudar!
Ao fazer pequenas alterações na sua vida pode estar a dar o primeiro passo para se tornar mais ativo/a. Se fizer um programa regular e aos poucos aumentar a frequência, logo irá sentir os benefícios dessa prática. Porque não?


Caminhar

Andar a pé tornou-se uma das mais populares formas de atividade física no nosso País. É gratuito, o nosso clima ameno permite fazê-lo regularmente ao ar livre e requer pouco equipamento ou treino. Tudo o que necessita para começar é de um bom par de ténis e roupa confortável. Caminhar é saudável e praticamente isento de risco.

• Preparação: Embora andar a pé possa ser menos assustador do que outros exercícios, é importante avançar gradualmente. Comece com 15 minutos num passo estável e a um ritmo que lhe permita manter uma conversa enquanto caminha. Uma vez que se vai sentir cada vez mais confortável, aumentará sem esforço a duração, velocidade e frequência dos seus passeios. Os aumentos não devem exceder os 10 por cento por semana.


Correr

A corrida é um excelente exercício aeróbico. Também é gratuito e pode ser praticada em muitos lugares durante todo o ano. Além disso, é um dos exercícios mais eficazes para queimar calorias, ajuda a prevenir a osteoporose, fortalece os músculos de todo o corpo e melhora o funcionamento do coração e dos pulmões.

• Preparação: A corrida não necessita de muito equipamento, mas uns bons ténis são fundamentais. Todos temos os pés diferentes, e a forma dos ténis pode compensar particularidades na estrutura do pé ou na maneira de correr. Ao comprar o seu primeiro par de ténis, prefira uma loja onde os funcionários saibam avaliar o seu pé e recomendar o modelo mais adequado. Comece de forma moderada e fácil, como é o caso do jogging, e combine-o com a marcha. Não aumente a intensidade mais de 10 por cento por semana. Paciência e bom senso são as chaves principais.


A melhor prevenção

Pode acreditar que caminhar ou correr são ótimos exercícios para si. Mas, qualquer movimento pode gerar problemas, pelo que é importante ter atenção a certos pormenores.


Use roupas com refletores

  • Corra contra o sentido do trânsito (quando é seguro fazê-lo).
  • Tente usar combinações diferentes na sua rotina (variar a velocidade e a distância da corrida, incluir montes e terrenos planos). O modelo difícil/fácil, que alterna a intensidade ou duração da corrida, é indicado na maioria das situações.
  • Corra de forma moderada, o que pode ajudar a prevenir lesões.
  • Experimente correr em superfícies menos irregulares. Relvado e terra batida são as suas melhores apostas.
  • Não use auscultadores com música muito alta que o façam abstrair da sua envolvente sonora.
  • Repouse e recupere durante parte do exercício para retomar o fôlego inicial.
  • Faça alongamentos antes e depois de correr.
  • Esteja consciente da envolvente (pessoas, animais, automóveis, etc).
  • Substitua os ténis regularmente.

Lesões

Para ajudar a evitar lesões, use um calçado adequado. Faça sempre um aquecimento gradual e alongamentos antes e depois do exercício. Ouça o seu corpo.
Alguns conselhos para fazer exercício sem dar por isso:

  • Evite o elevador e as escadas rolantes: use as escadas.
  • Estacione o carro o mais distante possível.
  • Dirija-se à secretária dos seus colegas em vez de usar o telefone ou o e-mail.

Não existe mais nenhum motivo para não começar a fazer exercício. Aproveite os bons dias e vá correr ou caminhar. No entanto, não se esqueça de fazer alongamentos antes e depois da prática física para que não tenha nenhuma lesão.

Este artigo foi útil?

Conselho cientifico

Conteúdo revisto

pelo Conselho Científico da AdvanceCare.

A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde nem a consulta de um médico e/ou especialista.

Downloads

Consulte os nossos guias para hábitos saudáveis:

Sympton Checker

Utilize a nossa ferramenta de diagnóstico de sintomas.

Programas AdvanceCare relacionados

Artigos relacionados