Corra, pela sua saúde

A corrida é a modalidade desportiva da moda e apresenta vários benefícios para a saúde física e mental e, se praticada em grupo, pode tornar-se uma experiência mais enriquecedora. Correr, pela sua saúde, é o apelo que fazemos neste artigo.


corra-pela-sua-saude


Seja à beira-mar, no meio da cidade ou no campo, há cada vez mais pessoas que optam por correr, faça chuva ou faça sol. De acordo com o estudo “Prática da Corrida em Portugal” do IPAM – The Marketing School, divulgado em setembro de 2014, cerca de 1,45 milhões de portugueses são adeptos da corrida. O bem-estar, a saúde e a manutenção de uma boa forma física foram as principais motivações apontadas pelos inquiridos e as evidências confirmam estes benefícios.


Tipos de corrida

Uma das vantagens da corrida é poder ser praticada em qualquer lugar, sendo acessível a qualquer pessoa. Mas, além desta prática casual, existem outros contextos para o fazer:

  • Na passadeira: Correr dentro de portas pode ser preferível quando as condições atmosféricas não são as melhores. Além disso, protege as articulações, evitando as irregularidades do terreno, e permite maior adequação às preferências e objetivos individuais, através da regulação da inclinação, resistência e velocidade.
  • Competição: O desafio da competição nas corridas é motivador para muitos adeptos da modalidade, embora por norma estejam mais focados em superar-se a si próprios e alcançar objetivos individuais do que em vencer outros participantes. Dentro deste grupo inserem-se as maratonas, as meias maratonas e as mini maratonas, que nos últimos anos têm vindo a ganhar adeptos.
  • ‘Trail’: É a modalidade mais frequente para quem gosta de correr num cenário tranquilo ou num percurso irregular. Pratica-se, normalmente, em trilhos de montanha em que o terreno é acidentado (por entre raízes de árvores, lama e riachos).

Motivos para correr

Embora os impactos na saúde variem em função do tipo de corrida praticada e das condições de saúde individuais, que devem ser avaliadas caso a caso, de uma forma global é possível falar em vários tipos de benefícios:

  • Ganhar energia. Como qualquer atividade física, a corrida promove a libertação de endorfinas, substâncias ligadas à sensação de bem-estar, ajudando a reduzir o stress e o risco de depressão.
  • Aumentar a resistência cardiovascular. Através do condicionamento do coração e pulmões, a corrida promove a eficiência do fluxo sanguíneo e do oxigénio, prevenindo ataques cardíacos e outros problemas cardiovasculares. Um estudo recente publicado no The Journal of the American College of Cardiology (JACC) indica que correr 5 minutos por dia baixa significativamente o risco de morte prematura.
  • Perder peso. É uma das atividades mais indicadas para quem quer perder peso, já que permite eliminar mais calorias do que outros desportos, promovendo um aumento da massa muscular e uma diminuição da massa gorda.
  • Fortalecer os ossos. Por ser um exercício com carga, promove a deposição de cálcio nos ossos, fortalecendo-os e prevenindo problemas como a osteoporose.

Correr em grupo

O exercício em grupo é uma prática que tem vindo a ganhar adeptos nos últimos anos e, além de ser mais divertido, pode também ser mais eficiente. Hoje, existem várias opções para praticar exercício em grupo, como a corrida em grupo e o Bootcamp. Apesar de terem um objetivo comum – melhorar a condição física – são bastantes diferentes na metodologia. A corrida em grupo consiste na prática de exercícios num circuito e o Bootcamp recorre a uma metodologia inspirada no treino militar.

Para lá dos benefícios para a saúde, correr em grupo envolve outro tipo de mais-valias.

  • Socialização. Partilhar a experiência da corrida com outras pessoas aumenta a sensação de pertença a uma comunidade.
  • Motivação. Treinar em grupo pode ajudá-lo a não escapar aos treinos nos dias em que se quer entregar à preguiça.
  • Desempenho. Treinar com pessoas de um nível mais avançado e trocar experiências e dicas pode encorajá-lo a ultrapassar os seus limites.

Por vezes, o grande problema em praticar running é exatamente ter de o fazer sozinho. Porém, esta não tem de ser uma atividade solitária. Cada vez existem mais grupos de corrida, que além de serem uma boa forma de fazer exercício, são também uma excelente maneira de socializar. O importante é exercitar-se e se o puder fazer enquanto faz novos amigos, ainda melhor. E lembre-se, não precisa de ser um atleta para começar a correr, mas se não tem prática ou tem problemas de saúde, não deixe de consultar o médico antes de se iniciar nesta atividade física.

Este artigo foi útil?

Conselho cientifico

Conteúdo revisto

pelo Conselho Científico da AdvanceCare.

A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde nem a consulta de um médico e/ou especialista.

Downloads

Consulte os nossos guias para hábitos saudáveis:

Sympton Checker

Utilize a nossa ferramenta de diagnóstico de sintomas.

Programas AdvanceCare relacionados

Artigos relacionados