Sopa de castanha com aipo

Sopa de castanha com aipo

Nutrição e Fitness
Última atualização: 19/08/2022

Sabia que o aipo é rico em vitamina C e que as castanhas são um verdadeiro tesouro do ponto de vista nutricional? Esta sopa de castanhas com aipo é uma excelente opção para um jantar nos dias mais frios.

Ingredientes

 

350g castanhas

500g abóbora

250g cogumelos

1 cebola

3 dentes de alho

1 colher de sopa de salsa picada

½ cubo de caldo de legumes

Aipo q.b.

Azeite, Sal e Pimenta q.b.

 

Preparação| 60 minutos

  1. Dar um golpe nas castanhas e levar ao forno a 230º durante 15 minutos. Retirar, e descascar.
  2. Refogar a cebola e os alhos num fio de azeite. Quando estiver transparente, adicionar os cogumelos laminados e a abóbora cortada em cubos. Deixar cozinhar 10 minutos.
  3. Adicionar as castanhas, um litro de água e o caldo de legumes. Deixar ferver durante 20 minutos.
  4. No liquidificador, juntar um pouco de aipo e triturar até obter um creme homogéneo.
  5. Voltar a levar a lume brando durante 15 minutos. Retirar do lume, acrescentar a salsa picada e temperar com sal e pimenta.

Na boa tradição portuguesa, as castanhas não podem faltar à mesa

Embora ainda desconhecidas para muitos consumidores, as castanhas são um verdadeiro tesouro do ponto de vista nutricional. De acordo com o site sobre Nutrição do Ministério da Saúde, as castanhas são uma excelente fonte de nutrientes, nomeadamente vitaminas, minerais e compostos químicos protetores das células. Das vitaminas presentes na castanha é de realçar a vitamina C, vitamina B6 e ácido fólico. Quanto aos minerais, a castanha fornece cálcio, ferro, magnésio, potássio, fósforo, zinco, cobre, manganésio e selénio. Possui ainda diferentes fitoquímicos, nomeadamente, luteína e zeaxantina, e diversos compostos fenólicos que são importantes antioxidantes e protetores celulares.

A castanha é constituída maioritariamente por hidratos de carbono, dos quais se destacam quantidades significativas de amiloses e amilopectinas. Estes são polissacarídeos permitem o desenvolvimento da flora intestinal e a produção de ácidos gordos de cadeia curta. Para além disso, as substâncias indigeríveis (fibra) estimulam a presença de bactérias probióticas (Bifidobacterium e Lactobacillus) benéficas no intestino, contribuindo também para a regulação dos níveis de colesterol e da resposta de insulina. Comparada com frutos secos, é de salientar que a castanha apresenta menor teor calórico, pois é pobre em gordura (e a gordura que contém é essencialmente polinsaturada) e é isenta de colesterol.

Além disso, é um alimento muito versátil, em termos de confeção, podendo comer-se cozida com erva-doce, assada, como acompanhamento de pratos, substituindo o arroz, a massa ou a batata, na base de sopas ou na confeção de apetitosas sobremesas e bolos.

Sabia que?

  • Caraterística do outono, a castanha encontra-se na época de meados de outono até finais de dezembro.
  • É produzida em Portugal, nas regiões da Serra da Padrela, Marvão-Portalegre, Trancoso e Terra Fria Transmontana.
  • Uma porção fornece metade da dose diária recomendada de vitamina C.
  • O castanheiro protege a nossa saúde há mais de 90 milhões de anos, sendo a castanha um dos alimentos mais antigos da Dieta Mediterrânica.
  • Uma porção = 10 castanhas = 179 Kcal.

Aipo: um vegetal medicinal

O nome científico do aipo é apium graveolens, pertence à família das Umbelíferas, tal como outras hortaliças como as cenouras. Este é originário da zona do Mediterrâneo, sendo conhecido já no antigo Egipto, e usado com fins medicinais na antiga Grécia, além de ser usado na cozinha. Atualmente, este vegetal é também consumido na Europa e na América do Norte.

O aipo é um vegetal muito rico em vitamina C e compostos antioxidantes, como os flavonoides, que ajudam a prevenir o envelhecimento prematuro e doenças crónicas, como o cancro ou diabetes.

Trata-se de um vegetal muito aromático e com poucas calorias. Além disso, é rico em fibras e possui uma ação diurética, promovendo a sensação de saciedade entre as refeições e diminuindo a retenção de líquidos, podendo ser facilmente incorporado às dietas para perder peso. O aipo possui ainda também propriedades anti-inflamatórias e analgésicas.

É um alimento muito versátil, podendo ser consumido cru, cozido no vapor ou no forno, e ser incluído em diferentes receitas como molhos, sopas, saladas, cremes, ou em forma de palito como snacks com queijo branco e ervas. Além disso, também pode ser utilizado para preparar sumos ou chás.

Tanto o talo quanto as folhas do aipo podem ser consumidas, sendo notada maior concentração de nutrientes nas folhas desse vegetal.

Informação nutricional do aipo

Componentes                 

Quantidade por 100 g de aipo

Energia                              

15 calorias

Proteína                            

1,1 g

Água                                  

94,4 g

Gordura                            

0,1 g

Hidratos de carbono     

1,5 g

Fibra                                   

2,0 g

Vitamina B1                     

0,05 mg

Vitamina B2                     

0,04 mg

Vitamina B3                     

0,3 mg

Vitamina C                       

8 mg

Vitamina B9                     

16 mcg

Potássio                            

300 mg

Cálcio                                

55 mg

Fósforo                             

32 mg

Magnésio                         

13 mg

Ferro                                  

0,6 mg

Este artigo foi útil?

Conselho cientifico

Conteúdo revisto

pelo Conselho Científico da AdvanceCare.

A presente informação não vincula a AdvanceCare a nenhum caso concreto e não dispensa a leitura dos contratos de seguros/planos de saúde nem a consulta de um médico e/ou especialista.

Downloads

Consulte os nossos guias para hábitos saudáveis:

Sympton Checker

Utilize a nossa ferramenta de diagnóstico de sintomas.

Programas AdvanceCare relacionados

Artigos relacionados